CONVIDADOS INTERNACIONAIS

MARÍA EMILIA LÓPEZ

Professora da universidade de Buenos Aires (Argentina)

É pedagoga, especialista em educação infantil e literatura infantil, escritora  e editora argentina. Assessorou vários programas de políticas públicas voltados para a primeira infância e Gestão Cultural no México, Colômbia, Brasil. É coautora do Programa de Educação Básica Um Bom Começo (Aprendizajes Clave, SEP, México, 2017) e de documentos curriculares sobre leitura na educação básica do Ministério da Educação do Brasil (2016) e do Ministério da Cultura da Colômbia ( 2013-2014). Diretora do Jardim Materno da Faculdade de Direito (UBA), instituição de educação artística para bebês e crianças pequenas, onde também coordena o Programa de Pesquisa e Formação Continuada de Professores e o Programa de Leitura e Biblioteca. Foi co-diretora da coleção de livros infantis Aerolitos (Capital Intelectual), atualmente dirige a Coleção Melão - livros que pensam a infância (Editora). É autora de inúmeras publicações, incluindo o livro Um mundo aberto. Cultura e primeira infância (CERLALC - Conaculta).

BEATRIZ MARTÍN VIDAL

Autora e ilustradora de livros ilustrados (Espanha)

Estudou na Universidad de Salamanca, onde se graduou em Belas Artes, antes de se especializar em ilustração na Escuela de Arte de Valladolid. Foi selecionada para a exposição anual da New York Society of illustrators e obteve numerosos prêmios de quadrinhos e ilustração. Dedica-se principalmente ao setor editorial, ilustrando romances, contos e livros, e também publica regularmente seu trabalho em publicações jornalísticas. Publicou mais de 20 livros para diferentes editoras, em países como Espanha, Austrália, Itália e México.

ANA PESSOA

Escritora (Portugal)

Nasceu em Lisboa em 1982 e começou a escrever histórias aos 10 anos. Estudou Línguas e Literaturas Modernas (Estudos Portugueses e Alemães) na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Saiu de Portugal com 22 anos para fazer um estágio de 6 meses na Alemanha e nunca mais voltou. Vive em Bruxelas desde 2007, onde trabalha como tradutora. Tem contos publicados em várias coletâneas e textos premiados em Portugal (incluindo Jovens Criadores '10, Aveiro Jovem Criador 2010 e Jovens Criadores '12) e também noutras paragens (Concurso internacional de contos Um mar de palavras 2010, Espanha, Concurso Internacional de Teatro Castello di Duino 2011, Itália). O seu primeiro livro, O caderno vermelho da rapariga karateca, venceu o Prémio Branquinho da Fonseca 2011, na modalidade Juvenil.