OBJETIVOS

A Literatura para crianças e jovens tem experimentado, nas últimas décadas, um renascimento representado pelas vanguardas das artes, ciência e tecnologia. Com a ampliação da ambiguidade e ambivalência da natureza de sua linguagem, surgem questões que nos impõem uma reflexão crucial, a qual terá lugar neste 2º Congresso Internacional de Literatura para Crianças e Jovens: crítica, estética e ética & 4ª Jornada da Literatura de Infância. Nosso objetivo é contribuir com um modo de ler, olhar e pensar o contemporâneo, amplificado pelas ressonâncias multimodais. Estas vozes prescrevem conexões complexas da Literatura para crianças e jovens, e das Artes com a Crítica, a Estética e a Ética, porém, com a finalidade de conquistar uma dimensão temporal atual. Os destinatários, a criança e o jovem, têm constituído a recepção dessas atitudes radicais e conceitos fraturantes da literatura, agentes que reclamam uma emergente revisão sobre uma Ética, raiz humanista dos valores de sua geração; uma Estética renovadora da beleza e do gosto da obra infantil e juvenil e, sobretudo, uma Crítica atenta aos conceitos tradicionais dos movimentos desestabilizadores da Literatura de Infância. No abraço internacional uno deste congresso, visamos mobilizar as raízes da simbolização do passado literário feito de desigualdades sobre a sua transcendência, para poder convertê-las em esperança aos olhos temporais do adulto: pais, educadores, mediadores. Todos estaremos endereçando à Literatura para crianças e jovens a escrita de uma outra página sobre esta tríade de limiares — Crítica, Estética e Ética, direcionando uma consequente diversidade, intersubjetividade e empatia. À luz dessas três raízes, acreditamos, se erguirá uma Narrativa infantil feita de potencialidades criativas, a ser projetada à criança experiente, ao jovem criativo e à alteridade, sabendo que apenas eles nos dirão “quem são eles e o que farão” em nossa sociedade, de modo cíclico e infinito como “seres-em-sendo”.

Profa. Dra. Diana Navas

Profa. Dra. Elizabeth Cardoso

Profa. Dra. Maria José Palo